COMUNICADO DA CPN 05-11-2021

COMUNICADO DA CPN

05-11-2021

 

DURA LEX SED LEX – A LEI É DURA, MAS É A LEI!

 

O veredicto chegou.

Houve vitoriosos e derrotados a quem se escapou, ligeiro, o poder.

Quando se opta pelo ego em detrimento do comum, incorre-se em erros crassos. Narciso não foi apenas o reflexo espelhado em águas do drama da individualidade. Foi, também, revelador dos dramas individuais revelados a si mesmo e em si mesmo.

Como tantas vezes foi reiterado, um partido não tem um dono nem dois: tem filiados, tem gente que nele milita e que nele acredita como postulado das causas em que acredita. Qualquer um, dentro dessas premissas pode e deve ser elegível. Atente-se que, sempre, dentro dos limites dos estatutos que imperam e que são lei interna.

Muitos acreditaram ser proprietários do PURP. Muitos, na sua desmedida ambição, denegriram pessoas, filiados, membros de Direito do Partido. Muitos intentaram contra as mais básicas e elementares regras da Democracia: Respeito e Lealdade.

O veredicto chegou. O veredicto decidiu.

Não foram os órgãos internos do PURP, desrespeitados por algumas pessoas, foi o Tribunal Constitucional, num Plenário.

O PURP está de parabéns!

O PURP é um Partido da DEMOCRACIA!

De hoje em diante, a missão difícil de reerguer o PURP está nas mãos de novos órgãos. De órgãos que nada mais pretendem do que honrar as causas que subjazem à carta de princípios do Partido e juntar-lhe outras que vão surgindo todos os dias.

Prometemos trabalho, renovação, união e justiça.

Nada de importância vital para o PURP será decidido por uma ou duas pessoas. O PURP é um todo e TODOS decidirão a bem do seu futuro que se espera e deseja renovado, responsável e interventivo.

Desejamos que as ofensas e calúnias tenham terminado. Desejamos que os problemas internos sejam tratados internamente. Desejamos que as medidas a serem tomadas sejam justas e sem dúvidas para nenhum filiado.

Desejamos um novo PURP, com juventude e com gente mais experiente. Desejamos um Partido que represente todos os portugueses e que honre a cena política nacional.

O veredicto chegou: Não ganharam uma nem duas nem mais pessoas.

Ganhou o Partido.

PURP POR TODOS e PARA TODOS.

 

P’ Comissão Política Nacional

Fernando Loureiro

Paulino Ferreira

Pedro Pinho

Ana Pinheiro